Ínicio > Budismo > CALENDÁRIO BUDISTA
 
CALENDÁRIO BUDISTA
 


Calendário Tibetano é baseado nos ciclos da Lua, e várias datas são consideradas auspiciosas ou inauspiciosas para certas práticas. Apesar destas datas estarem correctas, estas práticas podem sofrer alguma variação nas diferentes tradições. Por exemplo, na Tradição Nyingma, enfatiza-se o "dia de Guru Rinpoche" no 25 º dia de cada mês.

DIAS QUE FALTAM E DIAS DUPLOSO complicado calendário Tibetano é baseado nos ciclos da Lua e como os ciclos da Lua são menos que 30 dias e o ano é dividido em 12 meses, alguns truques são aplicados para compensar a diferença entre os 12 ciclos em aproximadamente 354 dias e o actual de 365. Para isso, algumas datas são duplicadas. Quando dias especiais caem nestes dias duplicados, as celebrações ocorrem no segundo dia, mas podem ser celebradas no primeiro dia se for mais conveniente. E se estas datas especiais caem num dia que falta, normalmente ela é celebrada no dia precedente.

OS QUATRO MAIORES FESTIVAISSão os três feriados principais do "Buda Especial", ou "festivais" (düchen), num ano relacionados com a vida de Buda Shakyamuni. Durante estes dias, acredita-se que os efeitos das acções positivas e negativas são multiplicadas por 100 milhões de vezes; portanto, a prática é fortemente encorajada.

Chotrul Düchen: Durante as duas primeiras semanas do ano novo, é celebrado o facto de que o Buda revelou um milagre para cada dia para aumentar o mérito e a devoção dos futuros discípulos. O 15º é o "Dia dos Milagres". Durante estes dias o Gelugpa Mönlam Chenmo (festival da grande prece) é celebrado e a prática é fortemente encorajada.

Saga Dawa Düchen: o 15º dia do 4º mês, a Iluminação de Buda e o Parinirvana são celebrados. BudaIluminou-se na Lua Cheia em Bodhgaya e entrou no parinirvana ("faleceu") em Kushinagar.

Chökhor Düchen: o 4º dia do 6º mês, o "Primeiro Volta da Roda do Dharma" (o primeiro ensinamento) é celebrado. Pelas primeiras sete semanas da sua Iluminação, Buda não ensinou. Encorajado por Indra e Brahma, ele deu o seu primeiro ensinamento em Sarnath sobre as Quatro Verdades Nobres.

ECLIPSES SOLAR E LUNAR

Durante um eclipse solar parcial os efeitos positivos e negativos das acções são multiplicados por 100 milhões. Durante um eclipse lunar parcial, este factor é de 7 milhões.

DATAS RECORRENTES MENSAIS

Em cada mês, certas datas no calendário lunar possuem um significado especial. Nestes dias de Buda, os efeitos das acções positivas e negativas são multiplicados por 100:

- 8º dia Tibetano( Lua Crescente): Buda da Medicina, prática da Tara e Mahakala.
- 15º dia Tibetano(Lua Cheia): Buda Amitabha, meditação e recitação de Sutras.
- 30º dia Tibetano (Lua Nova): Buda Shakyamuni, meditação e recitação de Sutras.

Dia de Guru Rinpoche: o 10º dia de cada mês, uma ocasião especial em que a vida de Guru Padmasambhava é celebrada. Tsog é praticada neste dia tal como é relatada nos "Father tantras".

Buda da Medicina: o 8º dia de cada mês.

Dia das Dakinis: o 25º dia da cada mês é relacionado com os "tantras da Mãe" e o tsog é executado.

O Dia Dharmapala (Protectores do Dharma):o 29º dia de cada mês é um dia especial para a prática dos Protectores.

Sojong: no 14º ou 15º e no 29º ou 30º, a prática da confissão dos monges e monjas.

Um Dia para os Preceitos Mahayana: por um dia, a pessoa pode tomar os preceitos de não matar, não roubar, não ter nenhuma conduta sexual, não mentir, não intoxicar-se, não tomar uma postura de luxúria, não cantar, dançar ou usar adornos e não comer depois do meio dia. A primeira vez, deve-se tomar estes preceitos de um mestre qualificado, depois disso pode-se repeti-los à sua escolha.

MESES ESPECIAISSaka Dawa: é o 4º mês (da multiplicação por 100.000). A prática é fortemente encorajada.

O 11º Mês é especialmente associado com as práticas do Chakrasamvara e Vajrayogini, que pertencem aos Tantras da Mãe. O 25º dia desses meses é um dia anual especial para estas práticas.

OS DIAS KALACHAKRANos ensinamentos Kalachakra, é mencionado que o Buda ensinou esta prática num dia de Lua Cheia, portanto os dias de Lua Cheia são considerados especiais para a prática deste Tantra. O 1º dia do 3º mês Tibetano é o Ano Novo Kalachakra. No 15º dia do mesmo mês o Buda ensinou o Tantra Kalachakra.

OUTROS DIAS IMPORTANTES ANUAIS
MÊS 1, 14º DIA: Aniversário de Milarepa; fundador da escola Kagyu

MÊS 1, 21º DIA: Aniversário de Jamyang Khyentse Wangpo, grande mestre do séc. XIX

MÊS 3, 25º DIA: Aniversário do grande 5º Dalai Lama

MÊS 4, 7º ou 8º DIA: Aniversário de Shakyamuni

MÊS 4, 23º DIA: Aniversário de Virapa, fundador da escola Sakya

MÊS 5, 15º DIA: dia da Divindade local- também Aniversário de Shakyamuni de acordo com a Escola Theravada

MÊS 6, 10º DIA: Aniversário de Guru Rinpoche (Padmasambhava)

MÊS 7, 15º DIA: Descoberta dos 4 tantras medicinais, dia especial do Buda da Medicina.

MÊS 9, 3º DIA: Aniversário de Jigme Lingpa, um dos grandes mestres Nyingma

MÊS 9, 4º DIA: Aniversário de Karma Paksi, o segundo Karmapa

MÊS 10, 25º DIA: Aniversário de Tsongkhapa, fundador da escola Gelugpa

MÊS 11, 3º DIA: Aniversário de Dusum Khyenpa, o primeiro Karmapa

MÊS 11, 6º ou 7º DIA: dia do mau presságio; aconselha-se não tomar nenhuma acção importante neste dia

MÊS 11, 26º DIA: Aniversário de Jamgon Kongtrul O Grande, eminente mestre do Séc. X

MÊS 11, 29º DIA: oferendas aos Protectores do Dharma (Gutor)

MÊS 11, 30º DIA: Dia de limpeza na casa
BANDEIRAS DE ORAÇÃO

Geralmente, a 2ª feira é um bom dia para se pendurarem as bandeiras e 6ª feira é um dia muito bom. Pendurar as bandeiras ( e mesmo os estandartes verticais ) num dia astrologicamente errado trará obstáculos contínuos. Os dias inauspiciosos de acordo com o Calendário Tibetano são: o 10º e o 22º dos meses 1, 5 e 9; 7º e o 19º dos meses 2,6 e 10; 4º e o 16º dos meses 3, 7 e 11; 1º e o 13º dos meses 4, 8 e 12.

ANIVERSÁRIOS TIBETANOS

A contagem da idade dos Tibetanos pode parecer um pouco confusa para os ocidentais. Quando um bebé nasce ele já é considerado com um ano, talvez por causa da sua gestação de nove meses. Os aniversários das pessoas comuns são normalmente celebrados, uma vez por ano, como parte do Losar, o Ano Novo Tibetano. Isso significa que, se um bebé nasceu no último dia antes do Losar, ele já é considerado com dois anos no dia seguinte. O aniversário dos grandes santos Tibetanos são celebrados no mesmo dia pelo Calendário Lunar. O aniversário do Dalai Lama é celebrado num dia fixo do Calendário Ocidental (06 de Julho).
 
 
 
 











Sede - Rua Ataíde de Oliveira, n.º 79, R/C, Faro
Loja Social - Rua Cunha Matos, n.º 17, R/C, Faro
Tel: 289813748, Telemovel: 913907888 / 913907730
E-Mail: faro@casa-apoioaosemabrigo.org / comunicacao@casa-faro.org


Facebook Espaço Himalaias Facebook CASA - Faro